Alemanha tem novo Presidente: Joachim Gauck Postado dia 18 de Março, 2012 em Curiosidades, Política
Granda Cena!

Joachim Gauck, eleito hoje por grande maioria na Assembleia Federal, já era o preferido dos alemães, pela sua vincada personalidade e pela firmeza face ao regime comunista da extinta Alemanha de Leste.

Joachim Gauck, eleito hoje por grande maioria na Assembleia Federal, já era o preferido dos alemães, pela sua vincada personalidade e pela firmeza face ao regime comunista da extinta Alemanha de Leste.

Se o povo tivesse podido votar, e a escolha do Chefe de Estado não competisse apenas à referida Assembleia, um colégio eleitoral formado pelos deputados ao parlamento e por igual número de cidadãos nomeados pelos parlamentos regionais, o antigo pastor luterano já teria sido Chefe de Estado há dois anos, e não o democrata-cristão Christian Wulff, indicavam todas as sondagens.

novo presidente alemão

Na altura, porém, candidatou-se apenas com os apoios dos sociais-democratas do SPD e dos Verdes, enquanto Wulff era o candidato da maioria governamental, formada pelos democratas-cristãos de Angela Merkel e pelos liberais do FDP, e acabou por perder, ainda que só à terceira volta.

Depois das suas experiências pessoais com a ditadura comunista leste-alemã e também com o regime nazi, Gauck, 72 anos, considera a liberdade o grande tema da sua vida.

O seu nome esteve ligado durante muitos anos ao rescaldo da ditadura comunista, por ter assumido o cargo de director dos arquivos da polícia política da Alemanha de Leste (RDA), a STASI, a 03 de Outubro de 1990, dia da reunificação da Alemanha, na sequência da queda do Muro de Berlim.

Até ao ano 2000, altura em que deixou estas funções, Gauck tornou-se o rosto mais conhecido do movimento democrático leste-alemão, mas recusou sempre convites — e foram muitos — para ocupar cargos políticos.

Nascido em 1940, em Rostock, no nordeste da Alemanha, em plena II Guerra Mundial, quando tinha 11 anos, em 1951, viu o pai ser enviado para um campo de trabalho na Sibéria pelas forças de ocupação soviéticas, acusado de “actividades contra-revolucionárias”.

Jochaim Gauck sénior foi libertado em 1955, por ocasião do restabelecimento das relações diplomáticas entre a Alemanha Federal e a União Soviética, mas o choque marcou para sempre a postura da família e do jovem Joachim Gauck face aos regimes comunistas.

Impedido de estudar Germânicas, Gauck júnior tornou-se pastor luterano e viveu a repressão do regime comunista da RDA contra os dissidentes, com os quais se solidarizou, acabando também por sofrer represálias, extensivas aos quatro filhos.

Em 1989, pouco antes da queda do Muro de Berlim, e quando a resistência ao regime começou a formar-se, aproveitando alguma abertura, Gauck surgiu como porta-voz do Novo Fórum, o primeiro movimento legal de oposição ao regime na RDA.

Conhecido pela sua integridade e independência de pensamento, é um excelente orador, considera-se a ele mesmo um conservador liberal e a maioria dos comentadores políticos não tem dúvidas de que trará algo de novo ao cargo de Presidente da Alemanha, que será ocupado pela primeira vez por um alemão de leste.

A chanceler federal, Angela Merkel, também cresceu na RDA, mas nasceu em Hamburgo, na parte ocidental do país.

Fonte: negocios

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,